Fotografia: © nvstudio. Fundação de Serralves

Rui Chafes.
Chegar sem partir

Fundação de Serralves

  • ONDE E QUANDO

    Porto

    Fundação de Serralves
    Rua D. João de Castro, 210
    Museu e Parque de Serralves
    De 21 de julho a 29 janeiro de 2023

    HORÁRIOS

    Segunda a sexta: 10h00 – 19h00
    Sábado e domingo: 10h00 – 20h00

    Recomenda-se que consulte o site da Fundação de Serralves para confirmar os horários.

  • DESCRIÇÃO

    Cobrindo mais de três décadas de atividade, a exposição Chegar sem partir, planeada em estreito diálogo com o artista, inclui trabalhos da fase inicial da produção escultórica de Rui Chafes (Lisboa, 1966) e um conjunto de obras especificamente pensadas para o Museu e Parque de Serralves, num diálogo inédito com o Parque e a envolvente natural do Museu, que serve simultaneamente de inspiração e cenário para uma reflexão sobre a diversidade da sua prática escultórica.

    Com uma obra teórica conceptualmente ancorada nas premissas fundamentais do gótico tardio e do romantismo alemão, enriquecida pelas heranças universais de Marcel Duchamp (1887–1968), dos pós-minimalistas americanos e de artistas incontornáveis como Joseph Beuys (1921–1986), Chafes é um autor que se define por uma consistência e rigor incomuns na criação de famílias de objetos enigmáticos e misteriosos, sombras ou negativos de um mundo que encarcera e aprisiona o vazio, o silêncio absoluto: casulos, ninhos, insetos, couraças, máscaras ou peças de vestuário representam simultaneamente uma memória e uma pele que protegem e anunciam um corpo ausente.

  • CURADORIA

    A exposição tem curadoria de Philippe Vergne e Inês Grosso e foi organizada e produzida pela Fundação de Serralves com coordenação de Filipa Loureiro.